Bolsas asiáticas fecham em alta; Hong Kong ganha 0,89%

A redução da pressão inflacionária na China e a forte adesão à reestruturação da dívida grega acalmaram os investidores

Tóquio – Os mercados da Ásia apresentaram números positivos nesta sexta-feira. A redução da pressão inflacionária na China, com os números de fevereiro melhores do que o esperado, e a forte adesão à reestruturação da dívida grega acalmaram os investidores.

Em Hong Kong, os dados sobre a inflação chinesa alimentaram as expectativas de diminuição no aperto monetário por parte de Pequim. Com isso, o índice Hang Seng ganhou 185,27 pontos, ou 0,89%, e encerrou aos 21.086,00 pontos – na semana, contudo, o índice acumulou queda de 2,2%.

Pelos mesmos motivos, as Bolsas da China encerraram a semana em elevação moderada. O índice Xangai Composto subiu 0,8% e terminou aos 2.439,46 pontos – na semana, entretanto, o índice teve perdas de 0,9%. O índice Shenzhen Composto ganhou 1,6% e fechou aos 995,87 pontos.

O iuane teve forte alta ante o dólar depois de o banco central chinês surpreendeu o mercado ao conduzir a divida para cima depois de tê-la desvalorizado por quatro sessões seguidas. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,3107 iuanes, de 6,3165 iuanes ontem. A taxa de paridade central dólar-iuane foi fixada em 6,3073 iuanes, de 6,3235 iuanes na véspera.

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, encerrou o dia em alta, com os ganhos no setor de tecnologia compensando a realização de lucros em ações do setor financeiro. O índice Taiwan Weighted subiu 0,39% e terminou aos 8.016,01 pontos.

Na Coreia do Sul, a Bolsa de Seul fechou em alta, apoiada pelos dados positivos sobre a inflação da China e com a adesão ao acordo grego. O índice Kospi subiu 0,88% e encerrou aos 2.018,30 pontos.

Já a Bolsa de Sydney, na Austrália, fechou positiva com as empresas do setor de mineração liderando os ganhos do mercado geral. O índice S&P/ASX 200 subiu 0,98% e terminou aos 4.212,40 pontos.

A Bolsa de Manila, nas Filipinas, também fechou em elevação. O índice PSE ganhou 0,5% e terminou aos 4.980,71 pontos – mas em baixa de 0,7% em relação à semana anterior.

A Bolsa de Cingapura terminou em baixa após perder os ganhos de manhã, uma vez que os investidores ficaram de lado no aguardo dos dados do mercado de trabalho dos EUA e reduziram posições antes do fim de semana. O índice Straits Times recuou 0,2% e fechou aos 2.963,15 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, subiu 0,6% e fechou aos 3.991,54 pontos, ajudado pelos ganhos nos demais mercados asiáticos.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, recuou 0,8% e fechou aos 1.158,71 pontos, uma vez que os investidores descarregaram suas posições após os estrangeiros passarem a ser vendedores líquidos ontem.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, ficou estável e fechou aos 1.579 pontos, com os investidores cautelosos antes do fim de semana. As informações são da Dow Jones