Bolsas asiáticas encerram semana com sinais mistos

Os números do mercado de trabalho norte-americano, a serem divulgados ainda hoje nortearam o humor dos investidores, seja para o campo positivo ou negativo

Tóquio – Os mercados da Ásia fecharam sem sinal definido nesta sexta-feira. Os números do mercado de trabalho norte-americano, a serem divulgados ainda hoje e que podem dar mais pistas sobre a saúde da maior economia mundial, nortearam o humor dos investidores, seja para o campo positivo ou negativo.

Este foi o caso na Bolsa de Hong Kong, que fechou estável, com os investidores andando de lado, à espera do payroll dos EUA. O Hang Seng subiu apenas 17,53 pontos, ou 0,08%, e encerrou aos 20.756,98 pontos – na semana, o índice acumulou alta de 1,2% e já saltou 13% no ano.

Já as bolsas da China encerraram em elevação. As compras em ações do setor financeiro, devido às avaliações atraentes, e os ganhos nas mineradoras de ouro, por conta da alta no preço do metal precioso, foram fatores para os números positivos. O Xangai Composto ganhou 0,8% e terminou aos 2.330,41 pontos – na semana, o índice acumulou alta de 0,5%. O Shenzhen Composto subiu 1,5%, aos 878,29 pontos.

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, encerrou o dia em leve alta. O índice Taiwan Weighted avançou 0,29%, aos 7.674,99 pontos, impulsionado pela compra de ações de tecnologia. A realização de lucros em ações financeiras, porém, limitou os ganhos.

Já na Coreia do Sul, a Bolsa de Seul fechou em baixa, influenciada pelo forte movimento de vendas de estrangeiros e instituições locais nacionais. O índice Kospi recuou 0,60%, aos 1.972,34 pontos. Empresas de tecnologia e construtoras navais lideram as perdas.

Na Austrália, a Bolsa de Sydney também fechou em baixa. O índice S&P/ASX 200 retrocedeu 0,39%, aos 4.251,20 pontos, antes da divulgação do payroll dos EUA e com a expectativa do setor privado sobre a decisão de cortes dos títulos da Grécia e um novo pacote de empréstimo ao país. Diante deste quadro, os investidores preferiram não arriscar.

A Bolsa de Manila, nas Filipinas, fechou em baixa com a realização de lucros, após o novo recorde histórico de pontuação registrado na véspera. O PSEi caiu 1,3%, aos 4.758,57 pontos.

Na Malásia, o índice KLCI, composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, avançou 0,1% e terminou aos 1.538,77 pontos, liderado pelas ações de construtoras.


Já a Bolsa de Cingapura encerrou em alta. O Straits Times Index (STI) subiu 0,46% e terminou aos 2.914,48 pontos.

Na Indonésia, o índice composto da Bolsa de Jacarta fechou estável, aos 4.015,949 pontos.

A Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, estendeu os ganhos. O índice SET subiu 0,54%, para 1.097,53 pontos.

As informações são da Dow Jones. (Antonio Rogério Cazzali, Ricardo Criez e Roberto Carlos dos Santos)