Bolsa se aproxima de nível que não é quebrado desde 1994

Média móvel de 90 meses do Ibovespa foi respeitada até durante a crise de 2008

São Paulo – A bolsa brasileira está perto de atingir um nível importante que pode indicar uma oportunidade de compra das ações, aponta Maurício Augusto de Camargo, analista técnico do HSBC. 

O Ibovespa, principal índice da Bovespa, chegou aos 54.619 pontos após acumular uma queda de 3,7% em 2012. Apenas em maio, a baixa já é de 11,65%.

Ao analisar o comportamento histórico em base mensal do índice desde 1994, Camargo explica que existe um importante “suporte” (na análise técnica, o nome é dado para níveis onde normalmente existe uma pressão compradora forte a ponto de cessar uma tendência de queda) perto dos 51.500 pontos e que representa a média móvel de 90 meses do índice.

Oportunidade

“Muitas pessoas estão olhando este patamar. Vale a pena começar a se posicionar nesses níveis”, explica. Segundo ele, com o índice perto dos 53 mil é possível iniciar as compras.

“É uma média móvel que tem segurado o mercado nas crises desde 1998, até antes, na Ásia. Em 2008, o índice parou na média móvel de 90 meses que estava em 29.435 pontos”, lembra.

Média móvel de 90 meses em azul

Gráfico do Ibovespa com a média móvel de 90 meses


Camargo ressalta, contudo, que a recuperação pode ser apenas de curto prazo e entre 10% a 15%. Caso volte a cair, o índice terá mais força para quebrar o suporte e buscar os 48 mil pontos.

“A diferença para as outras vezes em que a média foi testada é que agora está em um nível mais elevado e próximo ao topo dos picos e, por isso, mais fácil de ser furada. Em outras situações, a média era muito inferior”, diz. Em 2008, por exemplo, estava em torno dos 28 mil pontos.

Em dólar

Uma indicação visível da importância do suporte é a reação recente dos investidores estrangeiros, que acompanham o Ibovespa em dólar. Na moeda estrangeira, o suporte já foi superado. O índice caiu 11,2% em 2012 e está perto dos 26 mil pontos. “Na ótica do estrangeiro, é como se a crise já estivesse pior que no ano passado”, explica.

Apenas em maio, até o dia 21, os investidores estrangeiros já retiraram 3,085 bilhões de reais da bolsa brasileira. É a maior saída mensal desde outubro de 2008, um mês após a quebra do banco Lehman Brothers – ponto considerado o estopim da crise financeira internacional.

“O Ibovespa indexado ao dólar comercial perdeu o fundo 2011, disparando com isso ordens de venda do tipo “stop loss” que podem intensificar ainda mais o processo de queda”, ressalta o analista do HSBC. 

Gráfico mensal do Ibovespa em dólar