Bolsa paulista recua com piora em Wall Street

Às 16:11, o Ibovespa caía 0,51%, a 59.159,97 pontos. O volume financeiro era de 6 bilhões de reais

São Paulo – O principal índice da bolsa paulista firmava-se rumo a um fechamento em queda nesta terça-feira, com a piora em Wall Street pesando no mercado local, que era pressionado ainda pela queda nas ações de Ambev, Vale e Itaúsa.

Às 16:11, o Ibovespa caía 0,51 por cento, a 59.159,97 pontos. O volume financeiro era de 6 bilhões de reais.

As ações da Itaúsa caíam 1,8 por cento após a agência de notícias Bloomberg noticiar na noite da véspera que a holding estaria interessada em fazer uma oferta pela BR Distribuidora, da Petrobras.

A sessão era marcada ainda por cautela em meio à espera por avanços nas medidas econômicas do governo do presidente Michel Temer.

No início desta tarde, o deputado relator da proposta que limita o crescimento dos gastos públicos à inflação do ano anterior apresentou parecer em que tenta elevar os pisos de recursos para saúde e educação, ao mesmo tempo em que propõe que a DRU tenha a mesma vigência do novo regime fiscal.

O parecer da PEC ainda precisa ser votado na comissão especial da Câmara dos Deputados, o que deve ocorrer na quinta-feira. Depois, precisa passar por dois turnos de votação no plenário da Câmara e por caminho semelhante no Senado.

Wall Street também operava no vermelho, ajudando a azedar o humor no mercado local. O S&P 500 caía 0,7 por cento.