BOLSA EUA-Wall Street tem leve queda por dólar e resultados

Por Leah Schnurr

NOVA YORK, 26 de outubro (Reuters) – As bolsas de valores
dos Estados UNidos operavam em leve queda nesta terça-feira,
pressionadas pelo dólar mais forte e por resultados
empresariais fracos dos setores de matéria-prima e tecnologia.

Os índices reduziram as perdas e chegaram a subir
brevemente, após dados mostrarem que a confiança do consumidor
norte-americano melhorou um pouco em outubro. As ações de
hotéis ajudavam, depois que a Bernstein elevou o preço-alvo da
rede Marriott International e da Starwood Hotels &
Resorts Worldwide .

Porém, o setor de matérias-primas puxava para o lado
negativo, pressionado pelos preços amenos das commodities e por
resultados decepcionantes do setor de aço.

As bolsas continuavam a monitorar o dólar, que tinha alta
de 0,64 por cento frente às principais moedas .

As ações e o dólar formaram uma relação inversa, exacerbada
por expectativas de que o Federal Reserve embarque em uma nova
rodade de estímulos econômicos.

“O indutor hoje será o dólar, que está empurrando os
mercados para baixo”, disse Paul Nolte, diretor-gerente da
Dearborn Partners, em Chicago.

Mais cedo, dados mostraram que os preços de moradias nos
EUA caíram pelo segundo mês em agosto, aproximando-se de
mínimas recentes após a expiração de um popular incentivo
tributário ao comprador de imóveis.

“Na balança, o dado é marginalmente pior que o esperado,
tendo em vista as perdas de receitas de muitas companhias e a
continuidade de números fracos do setor imobiliário”, disse
Nolte.

Às 13h48 (horário de Brasília), o índice Dow Jones ,
referência da bolsa de Nova York, caía 0,08 por cento, para
11.155 pontos. O índice Standard & Poor’s 500 tinha
desvalorização de 0,10 por cento, para 1.184 pontos.

O termômetro de tecnologia Nasdaq ganhava 0,14 por
cento, para 2.494 pontos.

A Texas Instruments perdia 1,6 por cento, a 28,51
dólares, depois de alertar que a receita do quarto triemstre
será afetada pela demanda menor. O índice de semicondutores
PHLX recuava 0,4 por cento.

As ações da U.S. Steel tinham desvalorização de 3,5
por cento, a 40,77 dólares, e as da AK Steel tombavam
4,4 por cento, a 12,75 dólares. Ambas as companhias anunciaram
prejuízos trimestrais e perspectivas negativas para o quarto
trimestre.

O índice de hotéis norte-americanos do Dow Jones
subia 0,5 por cento. O Marriott ganhava 0,8 por cento, a 37,88
dólares, e o Starwood tinha alta de 0,7 por cento, a 58
dólares.

(Reportagem adicional de Ryan Vlastelica)