GE levanta S&P 500 e Dow; Google pressiona Nasdaq

Nova York  – Os índices Dow Jones e Standard and Poor’s 500 fecharam em alta na sexta-feira, depois que o balanço da GE ditou otimismo com relação à recuperação econômica.

O índice Dow Jones <.DJI>, referência da bolsa de Nova York, avançou 0,41 por cento, para 11.871 pontos. O S&P 500 <.SPX> ganhou 0,24 por cento, para 1.283 pontos.

Mas o termômetro de tecnologia Nasdaq <.IXIC> caiu 0,55 por cento, para 2.689 pontos.

Na semana, o Dow subiu 0,7 por cento, oitava semana seguida de ganhos. O S&P 500 recuou 0,8 por cento, e o Nasdaq cedeu 2,4 por cento.

As ações da General Electric, considerada termômetro para o mundo econômico e corporativo dos EUA, subiram 7,1 por cento, atingindo o maior nível intradia desde novembro de 2008. O papel também registrou a maior alta diária desde março de 2009.

A GE reportou um lucro acima das expectativas, ajudada pela recuperação de seu braço financeiro e pelo crescimento nas receitas de suas unidades industriais, incluindo um forte aumento nas vendas de locomotivas [ID:nN21203300].

“Olhe para as duas ações, onde elas estavam e onde elas estão. A GE tem estado sob uma tremenda pressão antes de tudo isso começar”, disse Doreen Mogavero, presidente-executivo da Mogavero, Lee & Co., em Nova York.

O Nasdaq foi pressionado pela queda de 2,4 por cento nas ações do Google , após subir ao longo da jornada em meio à confiança de que o novo presidente-executivo da empresa, Larry Page, vá renovar o maior site de pesquisas do mundo. O otimismo, contudo, se dissipou.

Os papéis do Bank of America caíram 2 por cento, depois que o maior banco dos EUA em ativos informou o segundo prejuízo trimestral seguido, puxado por baixas contábeis no valor de 2 bilhões de dólares em suas operações com hipotecas.