BOLSA EUA-Bancos e semicondutores ajudam a elevar Wall St

(Texto atualizado com mais informações)

Por Chuck Mikolajczak

NOVA YORK, 8 de dezembro (Reuters) – O mercado de ações
norte-americano fechou a quarta-feira em leve alta com ganhos
nos setores financeiro e de tecnologia compensando declínios
causados pelo recente salto no rendimento dos Treasuries.

No fechamento, o índice Dow Jones , referência da
bolsa de Nova York, avançou 0,12 por cento, para 11.372 pontos.
O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 0,41 por cento,
para 2.609 pontos. O índice Standard & Poor’s 500 teve
valorização de 0,37 por cento, para 1.228 pontos.

Ações do setor bancário saltaram 10 por cento desde o
começo do mês com a alta do yield de títulos tornando mais
lucrativos os mercados de crédito e operações.

“O que deu um leve impulso às ações financeiras é uma curva
de yields mais positiva, o que significa maiores lucros para
eles”, disse o estrategista de mercados da Stifel Nicolaus,
Joseph Battipaglia.

Os yields atingiram sua máxima de seis meses esta semana
após o acordo inicial de Washington para prorrogar cortes de
impostos gerar preocupações sobre inflação e a dívida do
governo.

Os papéis da JP Morgan Chase subiram 2,6 por cento,
enquanto o índice de ações bancárias KBW avançou 2,9 por
cento.

No entanto, a alta nos yields de títulos de dívida
interrompeu os ganhos dos principais índices acionários, por
tornar mais caro os empréstimos por consumidores e empresas.

Já o setor de tecnologia ajudou o índice Nasdaq, que subiu
liderado pelos papéis de fabricantes de semicondutores, após a
divulgação de projeções sólidas por Texas Instruments e
Novellus Systems .

A Texas Instruments registrou alta de 1 por cento na
sessão, e a Novellus avançou 2 por cento. O índice do setor
PHLX cresceu 1 por cento.