Bolsa de Valores de São Paulo abre em alta

Às 10:43, o Ibovespa subia 1,39 por cento, a 78.316 pontos. O volume financeiro somava 1,5 bilhão de reais.

O principal índice de ações da B3 subia nos primeiros negócios desta segunda-feira, tendo como pano de fundo um viés benigno no mercado externo e ajudado pela recuperação das ações da Petrobras, em meio a notícias sobre o novo presidente da companhia e possíveis mudanças em sua política de preços.

Às 10:43, o Ibovespa subia 1,39 por cento, a 78.316 pontos. O volume financeiro somava 1,5 bilhão de reais.

Na semana passada, o índice de referência do mercado acionário brasileiro acumulou queda de 2,1 por cento.

No exterior, o índice MSCI de ações de mercados emergentes subia 1,44 por cento.

De acordo com profissionais da área de renda variável ouvidos pela Reuters, as praças globais ainda repercutem os dados positivos do emprego nos Estado Unidos, conhecidos na sexta-feira, enquanto o noticiário político europeu começava a semana mais tranquilo.

“Os ânimos estão aparentemente mais calmos”, afirmou um operador de uma corretora no Rio de Janeiro.

Na sexta-feira, dados do governo norte-americano mostraram que o crescimento do emprego acelerou em maio e a taxa de desemprego caiu para uma mínima de 18 anos de 3,8 por cento naquele país.

Em Wall Street, o índice S&P 500 subia 0,5 por cento.

DESTAQUES

– PETROBRAS PN e PETROBRAS ON subiam 7,2 e 6,9 por cento, respectivamente, após tombo de quase 15 por cento no último pregão. Ainda na sexta-feira, o presidente Michel Temer indicou Ivan Monteiro como novo presidente-executivo da companhia, no lugar a Pedro Parente, que pediu demissão. Também no radar estava reportagem do jornal Valor Econômico de que a Petrobras sinalizou para o governo que aceita rediscutir a política de reajuste diário da gasolina e alongar a periodicidade das mudanças de preços do combustível ao consumidor.

– CSN avançava 6 por cento, tendo de pano de fundo relatório do Credit Suisse elevando a recomendação das ações da siderúrgica para ‘outperform’ ante ‘neutra’.

– BRF tinha alta de 1,5 por cento, em meio a expectativas de que Pedro Parente assuma a presidência-executiva da companhia. Parente, que renunciou ao respectivo cargo na Petrobras na última sexta-feira, já comanda o conselho de administração da empresa de alimentos. Uma decisão pode ser tomada já nesta semana, publicou o jornal Valor Econômico nesta segunda-feira.

– GOL PN valorizava-se 4,5 por cento, encontrando suporte na queda do dólar ante o real e na fraqueza nos preços do petróleo, variáveis que afetam os custos de companhias aéreas. A Gol também informou nesta segunda-feira que operou 99,4 por cento dos voos programados durante a greve dos caminhoneiros, entre 21 e 31 de maio, com o cancelamento de 12 dos 7.275 voos programados no período.

– ELETROBRAS PNB e ELETROBRAS ON caíam 1,1 e 1 por cento, respectivamente, destaque na ponta negativa. O governo encaminhou ao Congresso projeto de lei para destravar a venda das seis distribuidoras da Eletrobras no Norte e Nordeste. O movimento ocorre após medida provisória sobre a privatização da companhia não ser votada na Câmara e no Senado.