Bolsa de Tóquio sobe 0,6%, com compras do BOJ

Mercado japonês fechou no mais alto nível em quase seis meses

Tóquio – Nesta terça-feira, a Bolsa de Tóquio fechou no mais alto nível em quase seis meses, após o Banco do Japão (BOJ) anunciar a expansão do seu programa de compra de ativos de 10 trilhões de ienes para 30 trilhões de ienes, com 10 trilhões de ienes adicionais integralmente alocados em compras de títulos do governo nipônico. Isso alimentou um aumento dos negócios no setor imobiliário e nas ações de transporte marítimo, como Mitsui Fudosan e Kawasaki Kisen.

O Nikkei ganhou 52,89 pontos, ou 0,6%, e terminou aos 9.052,07 pontos, após alta de também 0,6% no pregão de segunda-feira. Foi o maior fechamento desde 1º de setembro. O volume de negociações foi forte e atingiu 2,18 bilhões de ações.

Os principais índices receberam um impulso, após o anúncio feito à tarde pelo banco central japonês. O Nikkei estava em território negativo, com leve baixa, até o pronunciamento do BOJ. A queda do iene em relação ao dólar e o euro também incentivou os investidores a se aventurar no mercado.

“Em suma, a decisão de hoje foi uma surpresa bem-vinda. Ainda esperamos a decisão (do BOJ) de diminuir marginalmente as taxas de juros de longo prazo e desvalorizar o iene”, disse Takuji Okubo, economista chefe para o Japão da Société Générale Corporate & Investment Banking. “Mas o elemento surpresa foi muito pequeno para fazer uma grande diferença na percepção do mercado sobre a incapacidade do BOJ para reaquecer a economia.”