Bolsa de Tóquio recua após dado de emprego dos EUA

Os dados de emprego dos Estados Unidos desapontaram os investidores de Wall Street na sexta-feira

Tóquio – A Bolsa de Tóquio encerrou o pregão desta segunda-feira em terreno negativo, depois que os dados de emprego dos Estados Unidos desapontaram os investidores de Wall Street na sexta-feira e determinaram a queda de ações de empresas do setor de tecnologia.

O índice Nikkei fechou em queda de 1,7%, a 14.808,85 pontos, após recuar 0,1% na sexta-feira.

O relatório de emprego dos Estados Unidos sinalizou que no mês passado foram criadas 192 mil vagas de emprego, um pouco abaixo das 200 mil previstas.

O iene valorizado frente ao dólar também contribuiu para o tom negativo do principal índice da bolsa japonesa.

As ações de tecnologia do Japão recuaram com força, após a queda de 2,6% da Nasdaq na sexta-feira. Os papéis da Tokyo Electron perderam 2,6%, enquanto os da Kyocera caíram 1,7%. No mesmo sentido, as ações da Shin-Etsu Chemical recuaram 1,6%.

Os investidores aguardam a decisão de política monetária do Banco do japão (BoJ, na sigla em inglês) nesta terça-feira. Alguns participantes do mercado acreditam que o banco central japonês pode anunciar medidas adicionais de flexibilização para ajudar a economia do país. Fonte: Dow Jones Newswires.