Bolsa de Tóquio inicia o ano em elevação de 1,2%

Índice japonês Nikkei fechou aos 8.560,11 pontos

Tóquio – Em seu primeiro pregão após os feriados de ano novo, a Bolsa de Tóquio apresentou fortes ganhos nesta quarta-feira. Os investidores desafiaram o impacto do fortalecimento do iene e compraram blue chips do setor industrial, tais como Japan Tobacco e Toyota Motor.

O índice Nikkei adicionou 104,76 pontos, ou 1,2%, e terminou aos 8.560,11 pontos, após a alta de 0,7% na sessão de 30 de dezembro. Houve elevação no volume de negociações, com o maior nível desde 16 de dezembro.

A bolsa japonesa abriu em alta e permaneceu no campo positivo durante todo o período de negociações, no embalo dos bons resultados nos Estados Unidos e na Europa, em que pese a valorização do iene sobre o dólar e o euro. Durante os feriados, o euro atingiu a pior baixa em 11 anos em relação à unidade nipônica.

As preocupações cambiais, contudo, não foram suficientes para dissuadir os investidores, com os grandes exportadores japoneses se beneficiando dos sólidos dados da produção industrial, observou Yumi Nishimura, analista de mercado da Daiwa Securities. “Mas uma clara queda na relação euro-iene, abaixo da marca de 100, pode pesar nas ações de exportadoras japonesas alinhadas com o euro”, disse ela.

Japan Tobacco disparou 4,4%. Nippon Steel ganhou 1,6%. No setor financeiro, Nomura Holdings avançou 6,9%. Já a refinadora de petróleo TonenGeneral Sekiyu KK desabou 5,8%, com a notícia de que a Exxon Mobile considera a venda de sua participação majoritária no grupo japonês.