Bolsa de Tóquio fecha em leve queda com iene mais forte

O resultado pressionou os juros dos bônus no exterior

Tóquio – A Bolsa de Tóquio fechou em leve baixa diante de preocupações sobre o ritmo da recuperação econômica global, o que pressionou os juros dos bônus no exterior e ajudou a fortalecer o iene.

O índice Nikkei recuou 0,06%, para 15.370,26 pontos, enquanto o dólar encerrou o pregão japonês aos 101,50 ienes, de 101,70 ienes no fechamento de ontem. Um iene forte costuma pressionar o desempenho das ações de empresas exportadoras.

O principal índice de ações da Bolsa de Tóquio chegou a abrir em alta, na esteira dos mercados norte-americanos, mas não se sustentou. Ontem, o índice Dow Jones Industrial Average alcançou um novo recorde de fechamento.

Takashi Hiratsuka, líder do grupo de trading em uma divisão de gestão de ativos do Resona Bank, disse que há alguma cautela no mercado acionário japonês. Ele lembrou que o iene perdeu muito do viés de baixa porque os yields (retorno ao investidor) dos Treasuries e dos bônus da zona do euro caíram.

Ele lembrou que algumas ações superaquecidas no mercado norte-americano também trazem alguma cautela aos investidores. Nesta semana, ações excessivamente caras foram citadas em um relatório que acompanhou o testemunho da presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), Janet Yellen, ao Congresso.

Já Yet Shigeo Sugawara, da Sompo Japan Nipponkoa Asset Management, disse que há espaço para ganhos em Tóquio e lembrou que os fundamentos das ações japonesas não estão tão ruins quanto o mercado pensava. “Isso estará claro nos resultados trimestrais que as companhias irão reportar em breve”, disse. Fonte: Dow Jones Newswires.