Bolsa de Tóquio fecha em alta com recuperação do petróleo

Otimismo de investidores está ligado à sinalização do Fed de que terá paciência antes de começar a elevar as taxas básicas de juros nos EUA

Tóquio – A Bolsa de Tóquio fechou em ligeira alta nesta segunda-feira, à medida que a recuperação dos preços do petróleo e do rublo russo ajudou a trazer estabilidade ao mercado japonês após a volatilidade vista na semana passada.

A sinalização do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), na última quarta-feira, de que terá paciência antes de começar a elevar as taxas básicas de juros nos EUA, continuou sustentando o clima mais otimista entre os investidores na capital japonesa.

O Nikkei, que reúne as ações mais negociadas em Tóquio, avançou apenas 0,08%, a 17.635,14 pontos, após oscilar em torno da estabilidade ao longo de um pregão de baixa liquidez. Muitos investidores estrangeiros já começaram a deixar o mercado japonês antes das festas de fim de ano, o que comprometeu o volume de negócios. Na semana passada, o Nikkei teve valorização de 1,4%, basicamente em reação à postura favorável a estímulos monetários do Fed.

Entre os destaque de alta em Tóquio estiveram a Showa Shell Sekiyu, que saltou 28%, e a Idemitsu Kosan, que subiu 2,5%. No sábado, a Idemitsu Kosan, segunda maior refinaria e distribuidora de petróleo do Japão, anunciou que está em negociações para adquirir a Showa Shell Sekiyu, a quinta maior concorrente da indústria petrolífera do país.

A Japan Airlines, por outro lado, caiu 1,7%, devolvendo parte dos ganhos que acumulou em meio à queda recente das cotações do petróleo.

No mercado de bônus japoneses, os juros dos JGBs atingiram mínima em 21 meses, refletindo a alta nos preços dos papéis e seguindo a recuperação dos Treasuries na última sexta-feira. No caso do JGB de 10 anos, o retorno projetado recuou 1 ponto-base, a 0,340%, o menor nível desde 5 de abril de 2013. Fonte: Dow Jones Newswires.