Bolsa de Tóquio fecha em alta

As ações receberam um impulso inicial uma vez que o dólar retomou a sua ascensão, reafirmando a marca de 96 ienes

Tóquio – A Bolsa de Tóquio fechou em terreno positivo nesta quinta-feira, com um novo enfraquecimento do iene ante o dólar.

Além disso, as imobiliárias – como a Mitsui Fudosan e a Mitsubishi Estate – se juntaram a Fast Retailing e lideraram o mercado de maior após a Câmara Baixa do Parlamento japonês aprovar os indicados do governo para chefiar o Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês).

O índice Nikkei subiu 1,2%, para 12.381,19 pontos, quebrando uma sequência de dois dias seguidos de queda.

O volume geral manteve-se forte, embora em seu menor nível desde 21 de fevereiro, no total de 2,86 bilhões ações. O valor das operações ficou em pouco mais de 2 trilhões de ienes.

As ações receberam um impulso inicial uma vez que o dólar retomou a sua ascensão, reafirmando a marca de 96 ienes.

Um resultado mais forte do que o esperado sobre as vendas no varejo dos EUA beneficiaram as bolsas na quarta-feira, ajudando a levar o índice Dow Jones ao nono dia consecutivo de ganhos, sua maior série em 16 anos.

O Nikkei também se beneficiou da decisão da Câmara Baixa do Parlamento do Japão que votou pela aprovação dos três indicados do governo para a liderança do Banco do Japão.

O indicado a presidência do BoJ, Haruhiko Kuroda, e dois candidatos à vice-presidência, Kikuo Iwata e Hiroshi Nakaso, devem aguardar a confirmação final na sexta-feira com a votação da Câmara Alta.


“Parece que a história do relaxamento monetário permanece intacta”, disse o estrategista de ações Nicholas Smith, da CLSA. “O fato de que o mercado vendeu nas duas sessões anteriores pode ter mostrado que os jogadores estavam nervosos sobre o processo de nomeação, e que precisavam ser um pouco convencidos de que as coisas realmente vão mudar no banco central.”

A Fast Retailing liderou todos os pesos-pesados, recuperando de três sessões seguidas de perdas. Nesta quinta-feira, a empresa ganhou 2,5%.

As principais incorporadoras continuaram a subir, mesmo quando o Nikkei desacelerou no meio da sessão. Com a chegada da nova liderança do BoJ, os investidores esperam um efeito de valorização dos ativos. A Mitsui Fudosan ganhou 5,3%, enquanto a Mitsubishi Estate subiu 5,0% e a Sumitomo Realty & Development avançou 3,8%.

A construtora Sekisui House fechou em alta de 3,1%.

Os exportadores blue chips terminaram o dia em terreno positivo com o enfraquecimento do iene. A Nikon subiu 4,2% e a Tokyo Electron ganhou 1,4%.

A Nippon Steel & Sumitomo Metal perdeu 2,7% após a empresa afirmar no dia anterior depois do mercado encerrar as atividades que vai fechar um de seus fornos, o seu primeiro fechamento em duas décadas. As informações são da Dow Jones.