Bolsa de Tóquio encerra pior semana em 2 anos, com queda de 8%

Negócios desta sexta-feira foram mais uma vez influenciados pela extrema volatilidade que dominou os mercados acionários de Nova York nesta semana

Tóquio – A Bolsa de Tóquio fechou em forte baixa nesta sexta-feira, encerrando sua pior semana em dois anos, mais uma vez influenciada pela extrema volatilidade que dominou os mercados acionários de Nova York nesta semana.

Ontem, as bolsas em Wall Street sofreram um novo tombo de cerca de 4%, em meio a preocupações com o futuro aperto da política monetária pelo Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA).

Além disso, o governo Trump iniciou nesta madrugada sua segunda paralisação parcial (o chamado “shutdown”), após o Congresso americano falhar em votar um projeto que garantiria a continuidade do funcionamento das repartições públicas.

O Nikkei caiu 2,32% hoje, a 21.382,62 pontos. Na semana, a desvalorização foi de 8,13%, a maior em dois anos. Desde 23 de janeiro, quando atingiu sua última máxima histórica, o índice japonês acumula desvalorização de 11,4%, o que significa que entrou em território de correção.