Bolsa de Tóquio cede 2,5% com dados dos EUA

Tóquio – A Bolsa de Tóquio fechou com forte queda diante dos novos sinais de enfraquecimento da atividade industrial nos EUA, que obscureceram as perspectivas de recuperação econômica do Japão e deflagraram uma liquidação nas ações de exportadoras japonesas. O índice Nikkei 225 caiu 224,52 pontos, ou 2,5%, e fechou aos 8.719,24 pontos, nova mínima de cinco meses. Foi a maior perda porcentual desde 5 de agosto.

A pressão vendedora foi particularmente forte na abertura depois dos declínios acentuados nas bolsas dos EUA e da Europa ante uma combinação de dados econômicos fracos e preocupações com a capacidade de financiamento dos bancos europeus.

Os investidores ficaram ainda mais agitados depois que um terremoto de 6,8 graus na escala Richter atingiu o nordeste do Japão no final da tarde. A

Tokyo Electric Power informou que não houve anormalidades em sua usina nuclear desativada de Daiichi, em Fukushima. As informações são da Dow Jones.