Bolsa de NY fecha em queda em reação à ata do Fed

Traders disseram que alguns investidores aproveitaram a ata do Fed como pretexto para vender e realizar lucros, depois das altas recentes

Nova York – As Bolsas dos EUA fecharam em queda nesta quarta-feira, 20, depois de os investidores interpretarem a ata da última reunião do Federal Reserve (Fed) como indicação de que a redução do programa de compras de bônus para estimular a economia poderá começar mais cedo. O índice S&P-500 fechou em baixa pela terceira sessão consecutiva. Traders disseram que alguns investidores aproveitaram a ata do Fed como pretexto para vender e realizar lucros, depois das altas recentes.

A ata da reunião do Fed não trouxe novidades ao dizer que a redução das compras de bônus poderá começar “nos próximos meses”, mas revelou discussões sobre cenários possíveis e uma variedade de opiniões divergentes no comando do banco central norte-americano.

Pela manhã, foram divulgados o índice de preços ao consumidor de outubro, que apontou redução de 0,1%, as vendas no varejo em outubro (+0,4%, para previsões de +0,1%) e os dados de vendas de imóveis residenciais usados em outubro (-3,2%, para previsões de -2,6%). O mercado reagiu positivamente aos indicadores, mas passou a recuar depois de o presidente do Fed de St. Louis, James Bullard, dizer que a redução do programa de compras de bônus “está na mesa” da reunião de dezembro.

Entre os destaques da sessão estavam ações de empresas que divulgaram resultados, como a rede varejista Lowe’s (-6,17%) e a indústria de máquinas agrícolas Deere (+2,06%).

O índice Dow Jones fechou em queda de 66,21 pontos (0,41%), em 15.900,82 pontos. O Nasdaq fechou em queda de 10,28 pontos (0,26%), em 3.921,27 pontos. O S&P-500 fechou em baixa de 6,50 pontos (0,36%), em 1.781,37 pontos.