Bolsa de Nova York é escolhida para IPOs de Uber e Pinterest

NYSE tornou-se a opção principal para grandes empresas de tecnologia nos últimos anos, depois que a Nasdaq prejudicou o IPO do Facebook

Nova York — Uber e Pinterest, duas das empresas de internet de maior destaque que planejam abrir capital neste ano, escolheram a Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) como base para listagem de ações, segundo fontes familiarizadas com o assunto.

As empresas e a NYSE se recusaram a comentar.

A NYSE tornou-se a opção principal para grandes empresas de tecnologia nos últimos anos, depois que a Nasdaq prejudicou o IPO do Facebook, com enormes erros tecnológicos.

As bolsas competem ferozmente por taxas de listagem e, assim como os bancos de investimento, muitas vezes começam a conversar com grandes empresas muito antes de estarem prontas para listar.

Veja também

A Nasdaq conseguiu o IPO da Lyft, que pode atingir ou ultrapassar 23 bilhões de dólares, quando a empresa listar suas ações em 28 de março. A Lyft será a primeira de uma série de listagens muito aguardadas que vão agitar o mercado dos IPOs após um começo de ano tranquilo.

 

A Uber, uma empresa global de logística e transporte avaliada em 76 bilhões de dólares no mercado privado, está buscando uma avaliação de até 120 bilhões de dólares, embora alguns analistas tenham avaliado seu valor próximo a 100 bilhões com base em dados financeiros selecionados.

O Pinterest, dono do site de busca de imagens conhecido por alimentos e fotos de moda, foi avaliado em 12 bilhões de dólares em sua última rodada de captação de recursos em 2017. A empresa cresceu rapidamente desde sua fundação em 2008, com 250 milhões de usuários ativos por mês no último mês de setembro.