Bolsa de Londres se recupera com montadoras e commodities

Às 8h22 (horário de Brasília), o índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 tinha alta de 2,71 por cento, a 1.373 pontos

Londres/Milão – As ações europeias se recuperavam nesta sexta-feira após se aproximarem das mínimas de 2015 na última sessão, com as ações de montadoras e ligadas a commodities mais firmes, liderando a alta.

Às 8h22 (horário de Brasília), o índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 tinha alta de 2,71 por cento, a 1.373 pontos, enquanto o índice de blue chips da zona do euro Euro Stoxx 50 subia 2,69 por cento para 3.100 pontos. Porém o FTSEurofirst permanecia com queda de mais de 1 por cento em comparação com o fim da semana passada.

Os mercados acionários da região foram atingidos nesta semana pelo escândalo de testes de emissão de poluentes da Volkswagen e novos sinais de uma desaceleração da China, enquanto a expectativa de uma iminente alta na taxa de juros dos Estados Unidos também pesou sobre as ações.

O índice alemão DAX, que sofreu nesta semana devido aos problemas com a Volkswagen, subia 2,4 por cento, mas permanecia cerca de 20 por cento abaixo de sua máxima recorde de 12.390 pontos em abril.

Alguns operadores disseram que vão procurar jogar com segurança, vendendo nos ralis caso o mercado volte à trajetória de queda posteriormente.

As ações europeias de montadoras estavam entre as maiores ganhadoras, com alta de 2,54 por cento, enquanto as de recursos básicos e de energia eram ajudadas por preços mais altos das commodities.