Merval sobe; IPC, IPSA e IGBC caem

Na Argentina, o preço do dólar subiu e fechou a 4,50 pesos para compra e 4,55 pesos para venda

O índice Merval da Bolsa de Comércio de Buenos Aires fechou nesta sexta-feira em alta de 0,11%, aos 2.383,69 pontos. O Índice Geral da Bolsa ficou nos 145.506,69 pontos, em baixa de 0,18%, enquanto o Merval 25 subiu 0,11%, para 2.418,54. O volume de negócios operados em ações totalizou 48,8 milhões de pesos (US$ 10,7 milhões), com um resultado de 34 altas, 23 baixas e 14 títulos estáveis.

Entre os líderes, as ações que mais subiram foram as da YPF (2,84), Petrobras Argentina (2,47) e Sociedad Comercial del Plata (0,74).Fecharam em baixa os papéis do Banco Macro (1,70%), Tenaris (1,03%) e Pampa Energia (0,87%).

No mercado de câmbio, o preço do dólar subiu e fechou a 4,50 pesos para compra e 4,55 pesos para venda.

O índice geral da Bolsa de Valores da Colômbia (BVC), o (IGBC), fechou nesta sexta-feira em baixa de 0,81%, aos 13.711,64. O giro financeiro do dia foi de 131.473,79 milhões de pesos (US$ 74,09 milhões), em 2.324 operações.

As ações com o maior volume de negociação foram as da PREC, que tiveram variação negativa de 2,67%. Em 2012, o índice IGBC acumula variação positiva de 6,10%.

O principal indicador da Bolsa Mexicana de Valores (BMV), Índice de Preços e Cotações (IPC), fechou nesta sexta-feira em baixa de 209,04 pontos (0,52%), aos 39.831,65. 

Foram negociados 269,5 milhões de títulos, com giro financeiro de 7,639 bilhões de pesos mexicanos (cerca de US$ 570 milhões). Durante a sessão foram negociados títulos de 90 empresas, dos quais 25 subiram, 53 caíram e 12 se mantiveram sem variação.

 índice IPSA, da Bolsa de Valores de Santiago do Chile, fechou nesta sexta-feira em baixa de 0,29%, para 4.413,31 pontos. Já o índice geral da bolsa chilena, o IGPA, caiu 0,25%, para 21.127,37 pontos. O giro financeiro foi de 69,7 bilhões de pesos (US$ 139,47 milhões), em 6.032 operações.