Bolsa avança com exterior positivo; dólar cai

Às 11:39, o Ibovespa subia 0,68 por cento, a 96.176,87 pontos

São Paulo — O Ibovespa avançava nesta sexta-feira, em meio ao viés positivo em bolsas no exterior e noticiário corporativo local abundante, com as ações da Via Varejo disparando quase 10 por cento após proposta do seu conselho de administração para excluir cláusula que encarece venda da empresa.

Às 11:39, o Ibovespa subia 0,68 por cento, a 96.176,87 pontos. O volume financeiro somava 2,7 bilhões de reais.

Tal desempenho sinalizava um fechamento positivo para a semana, mais curta em razão de feriado na quarta-feira.

No exterior, Wall Street mostrava ganhos após dados sobre o mercado de trabalho dos Estados Unidos sinalizarem uma economia doméstica sólida, enquanto o comportamento dos salários apoiava a visão do Federal Reserve de ser paciente sobre a alta nas taxas de juros.

Investidores também estão na expectativa pelo início da análise da proposta de reforma da Previdência na comissão especial da Câmara dos Deputados na próxima semana, com muitos estrategistas já esperando uma tramitação árdua e atentos a potencial desidratação do texto original.

Destaques

– VIA VAREJO subia 9,18 por cento, após o seu conselho de administração aprovar proposta a acionistas para exclusão de cláusulas do estatuto da empresa que encarecem a venda de participação relevante na companhia. De acordo com um analista do setor, o mercado poderia ver esse movimento como uma indicação de que compradores estratégicos poderiam de fato se interessar pela participação do GPA.

– VALE tinha alta de 2,96 por cento, provendo relevante suporte ao Ibovespa, em sessão de alta de mineradoras no exterior. CSN, que também produz minério de ferro, subia 6,5 por cento.

– PETROBRAS PN avançava 0,79 por cento, com o noticiário sobre a companhia incluindo que o consórcio formado pela empresa de investimentos Starboard Restructuring Partners e pela startup 3R Petroleum está em negociações exclusivas com companhia para a aquisição de nove campos de petróleo em terra no Nordeste, por cerca de 1 bilhão de reais, segundo afirmaram fontes à Reuters. Números de produção de petróleo no país também estavam na pauta do dia.

– ITAÚ UNIBANCO PN cedia 0,38 por cento, após balanço trimestral e revisão em estimativas, destoando do rival BRADESCO PN, que subia 1,01 por cento. Analistas do Brasil Plural disseram que os resultados do Itaú não trouxeram grandes surpresas, enquanto os ajustes em seu recente guidance de 2019 podem enviar uma mensagem negativa de que o banco está encontrando dificuldades em impulsionar as receitas e teve que lidar com cortes adicionais de custos.

– NATURA recuava 1,15 por cento, após balanço trimestral, com analista enxergando fraco desempenho nas operações no Brasil, mas em linha com o esperado.

Dólar

O dólar recuava ante o real nesta sexta-feira, com investidores digerindo informações mistas do relatório de emprego dos Estados Unidos referente ao mês de abril.

Às 10:54, o dólar recuava 0,38 por cento, a 3,9438 reais na venda.

Na véspera, a divisa norte-americana subiu 0,92 por cento, a 3,9589 reais na venda.

O dólar futuro cedia cerca de 0,6 por cento neste pregão.

Nos EUA, foram criadas 263 mil vagas de trabalho fora do setor agrícola no mês passado, enquanto a taxa de desemprego caiu a 3,6 por cento, uma mínima de mais de 49 anos.

Apesar do resultado bem melhor do que o esperado, o mercado se apegou ao dado de ganhos salariais, que repetiu a mesma taxa de março ao subir 0,2 por cento. O ritmo de ganho salarial é consistente com inflação moderada.

“A expectativa era em torno do relatório e ele veio bem acima do que o mercado imaginava(…) Mas por mais que a taxa de desemprego tenha recuado, o que fez preço foi a remuneração por hora trabalhada”, explicou o superintendente de câmbio da Correparti Corretora, Ricardo Gomes da Silva.

No front doméstico, participantes do mercado encerram a semana sem grandes avanços no que diz respeito à Previdência, uma vez que os trabalhos ficaram pausados nesta semana cortada por feriado, com a expectativa do início dos trabalhos na comissão especial no dia 7.

Na véspera, o secretário especial de Trabalho e Previdência do Ministério da Economia, Rogério Marinho, disse que defenderá na íntegra a PEC da reforma da Previdência para honrar a assinatura que o presidente Jair Bolsonaro colocou no texto ao enviá-lo ao Congresso Nacional.

O presidente Jair Bolsonaro, por sua vez, disse em entrevista ao SBT que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), transmitiu a ele vontade de lideranças partidárias de aprovar a reforma da Previdência na Casa o mais rápido possível.

É possível que ainda haja movimentos de proteção nesta sexta-feira, com agentes financeiros se precavendo antes de uma semana que tende a trazer o noticiário político ao foco novamente, avaliaram agentes.

“De forma geral, esse nível de dólar aqui é até surpreendente, estamos na véspera de uma semana que tende a ser bem pesada. Imagino que à tarde tenha espaço para esse mercado voltar a subir um pouco, como proteção”, disse Gomes da Silva.

O Banco Central realiza nesta sessão leilão de até 5,05 mil swaps cambiais tradicionais, correspondentes à venda futura de dólares, para rolagem do vencimento de julho, no total de 10,089 bilhões de dólares.