BOLSA ÁSIA-Dados da China e dos EUA impulsionam mercados

CINGAPURA, 1o de outubro (Reuters) – As bolsas de valores
da Ásia fecharam em alta nesta sexta-feira, após a divulgação
de dados macroeconômicos mais fortes que o que esperado na
China e Estados Unidos e que ajudaram a incrementar a confiança
na recuperação econômica global.

A produção manufatureira chinesa ganhou força no mês
passado, superando com folga as previsões do mercado e
fornecendo mais evidências de que a economia do país está
saindo suavemente da desaceleração no segundo trimestre.

O índice MSCI que acompanha as bolsas da região da
Ásia-Pacífico exceto Japão tinha alta de 0,63
por cento, para 449,80 pontos, ante alta de 0,24 antes da
divulgação dos dados chineses. O índice acumula ganho de mais
de 17 por cento no último trimestre.

“Isto parece concreto. Não é apenas uma correção de
estoques. Acreditamos que a demanda final está tomando ritmo na
China e a economia se estabilizou após a pausa de verão”, disse
Frederick Neuman, co-diretor de economia da Ásia no HSBC em
Hong Kong.

O índice Nikkei da bolsa de valores de TÓQUIO
fechou em alta 0,37 por cento, apoiado por cobertura de
posições curtas depois de quedas acentuadas no dia anterior e
após dados econômicos dos EUA que geraram otimismo nos
investidores.

O Nikkei ganhou 6,2 por cento em setembro e ficou mais de
dois por cento abaixo do pico atingido após autoridades
japonesas realizarem uma intervenção no mercado de câmbio em 15
de setembro para enfraquecer o iene.

“As ações japonesas estão recuperando algum terreno, os
investidores parecem estar corrigindo o extremo pessimismo
provocado ontem pelo avanço do iene e as preocupações sobre os
problemas de financiamento europeu”, afirmou Koichi Nosaka,
analista de mercado da Securities Japan.

Dados dos EUA na quinta-feira mostraram que os pedidos de
auxílio-desemprego caíram na semana passada e a produção
manufatureira regional cresceu mais rápido do que o esperado.

As bolsas de Xangai e de Hong Kong não
operaram por feriado.

Em TAIWAN houve oscilação positiva de 0,08 por
cento. A bolsa de SEUL teve ganho de 0,21 por cento,
para 1.876 pontos.

Enquanto isso, o mercado em SYDNEY teve queda
ligeira de 0,08 por cento, aos 4.579 pontos, o de CINGAPURA
avançou 1,07 por cento, para 3.130 pontos.