BMG pode levantar até R$ 2 bilhões em IPO

A oferta pública de ações do banco será no dia 19 de dezembro

São Paulo – O banco BMG fará sua estreia na B3 ainda este ano. A oferta pública de ações (IPO) será no dia 19 de dezembro.

A faixa de preço definida para o IPO foi entre 11 reais e 14 reais. Com isso, o banco pode levantar até 2 bilhões de reais.

Segundo o prospecto protocolado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), serão distribuídas 140 milhões de novas ações preferenciais na oferta primária e 22,3 milhões de ações preferenciais do acionista vendedor na oferta secundária.

As ações serão negociadas no nível 1 de governança corporativa e o ticker da ação será BMGB11.

Recomendação de compra

Em relatório divulgado, a Eleven Financial Research recomendou a compra dos papéis do BMG e apontou preço-alvo para 2019 de 20 reais.

Em relatório, a analista Tatiana Brant destacou a experiência e o pioneirismo do banco com o crédito consignado e destacou o cartão de crédito consignado, com presença relevante no segmento (65% de market share), que pode crescer ainda mais considerando o envelhecimento da população de forma a ampliar o público-alvo (pensionistas e aposentados do INSS).

A analista aponta ainda o número de desbancarizados no país, a melhora do ambiente econômico e a retomada do consumo, favorecendo a atividade de crédito.