BM&FBovespa: fim do horário de verão não altera pregão

A BM&FBovespa informou hoje que permanecerão inalterados os horários de negociação para os segmentos Bovespa e BM&F

São Paulo – A BM&FBovespa informou hoje que permanecerão inalterados os horários de negociação para os segmentos Bovespa e BM&F, apesar do fim do horário de verão no Brasil amanhã. As exceções são os contratos derivativos referenciados em café arábica e soja financeira. Conforme comunicado enviado pela Bolsa, de 21 de fevereiro a 11 de março o horário de encerramento das negociações para os contratos derivativos referenciados em café arábica e operação de rolagem de futuro de café arábica será alterado de 16h35 para 15h35, e o de soja financeira, de 15h para 16h.

Atualmente o pregão eletrônico da BM&FBovespa funciona das 10h45 às 11h para o leilão de pré-abertura e registro de ofertas para a formação do preço teórico de abertura; e das 11h às 18h para a negociação de todos os ativos, em todos os mercados, sendo das 17h55 às 18h o call de fechamento para os ativos negociados no mercado à vista que fazem parte da carteira de qualquer um dos índices da Bolsa e para as séries de opções dos ativos objeto que fazem parte da carteira teórica do IBrX-100. Já o after market ocorre entre as 18h30 e 18h45 para a pré-abertura e das 18h45 às 19h30 para a negociação.

À meia-noite de amanhã, os relógios deverão ser atrasados em uma hora no Distrito Federal e em vários Estados. Com isso, Brasília passará a estar três horas atrás do horário universal GMT, duas horas à frente da Costa Leste dos EUA (Nova York e Washington), três horas à frente da Cidade do México e de Chicago (EUA), no mesmo horário de Buenos Aires, 11 horas atrás de Pequim e Xangai (China) e 12 horas atrás de Tóquio.

A Bolsa de Xangai passa a operar das 21h30 (de Brasília) às 4h30 (de Brasília). A Bolsa de Tóquio passa a operar das 21h (de Brasília) às 3h (de Brasília). A Bolsa de Londres passa a operar das 5h (de Brasília) às 13h30 (de Brasília). A Bolsa de Frankfurt passa a operar das 5h (de Brasília) às 13h30 (de Brasília). A Bolsa da Cidade do México passa a operar das 11h30 (de Brasília) às 17h (de Brasília). A Bolsa de Buenos Aires passa a operar das 11h (de Brasília) às 17h (de Brasília).

A Bolsa de Nova York passa a operar das 11h30 (de Brasília) às 18h (de Brasília). No viva-voz da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês), os contratos futuros de petróleo passam a ser negociados das 11h (de Brasília) às 16h30 (de Brasília).

Esse esquema vale até 13 de março, quando os EUA entram em horário de verão. Na Europa, o horário de verão começa em 27 de março.