BM&FBovespa defende união com Cetip em carta aberta

"A companhia está preparada para oferecer serviços de CCP (sistemas de contraparte central) para outras plataformas de negociação de ações", disse no documento

São Paulo – A BM&FBovespa divulgou nesta segunda-feira carta aberta aos acionistas defendendo sua proposta de união com a Cetip na qual afirma que a operação “de forma alguma” seria um obstáculo para o surgimento de outras bolsas ou plataformas de negociação concorrentes no Brasil.

“A companhia está preparada para oferecer serviços de CCP (sistemas de contraparte central) para outras plataformas de negociação de ações que vierem a se instalar no Brasil, uma vez autorizadas pelos reguladores”, disse no documento.

Mais informações em instantes.