Bolsa cria ferramenta para operações de alta frequência

Batizada de Pre-trade Risk Control, a ferramenta será utilizada para evitar eventos como o flash crash, que afetou as bolsas americanas em 2010

SÃO PAULO – A BM&FBovespa anunciou nesta quarta-feira a criação de uma ferramenta para controle de risco das operações de alta frequência.

Batizada de Pre-trade Risk Control, a ferramenta será utilizada para evitar eventos como o flash crash, que provocou uma queda abrupta das bolsas norte-americanas em 2010.

“O objetivo é garantir que esse segmento tenha um crescimento seguro”, disse o presidente-executivo da bolsa, Edemir Pinto, acrescentando que as operações de alta frequência hoje respondem por cerca de 8 por cento do volume de negócios da BM&F e da Bovespa.