BM&F prevê ficar mais perto de piso de projeção de despesas

Piso da projeção de despesas é de entre 595 milhões e 615 milhões de reais em 2014

São Paulo – A BM&FBovespa prevê ficar mais perto do piso da projeção de despesas, de entre 595 milhões e 615 milhões de reais, em 2014, afirmou o vice-presidente financeiro da operadora da bolsa paulista, Daniel Sonder.

Em entrevista a jornalistas nesta manhã, o presidente-executivo da BM&FBovespa, Edemir Pinto, disse que a bolsa não tem expectativa de nenhuma oferta pública inicial de ações este ano.

“Está sendo um ano muito desafiador, não acho que teremos nenhum IPO até o fim do ano”, disse o executivo.