Biosev faz hoje fixação do preço das ações de seu IPO

A empresa publicou comunicado ao mercado, mudando a data prevista para concessão do registro da oferta pela CVM para 20 de julho (antes era dia 19)

São Paulo – A Biosev, braço sucroenergético da trading francesa Louis Dreyfus Commodities, mudou para esta quinta-feira a data de fixação das ações de sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). A empresa publicou comunicado ao mercado, alterando o cronograma da oferta. Mudou ainda a data prevista para concessão do registro da oferta pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para 20 de julho (antes era 19) e o início das negociações das ações na Bovespa para 23 do mesmo mês (ante 20), com liquidação em 25 de julho (era 24).

Ontem fonte ouvida pela Agência Estado afirmou que a empresa não teria obtido a demanda suficiente de investidores e, por isso, a operação não foi concluída na quarta-feira.

A falta de demanda é explicada, segundo a mesma fonte, não só pelo fato de o cenário estar ruim, mas também devido ao desempenho da empresa que não tem agradado o mercado. O preço dos papéis da Biosev chegou a ser rebaixado para R$ 13,00 ao longo do dia, segundo essa fonte. Como a cifra é 21% menor que o piso da faixa inicialmente sugerida, de R$ 16,50 a R$ 20,50, e a redução máxima permitida pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sem que seja feita uma reclassificação da oferta é de 20%, esse pode ser mais um motivo que impediu que a oferta fosse concluída ontem.

A dificuldade na precificação já era esperada por especialistas do mercado uma vez que o mercado segue volátil e com investidores seletivos. Dos três IPOs concluídos este ano, BTG Pactual, Locamerica e Unicasa, os dois últimos foram precificados abaixo da faixa inicialmente proposta.

Por conta das alterações realizadas no cronograma de seu IPO, os acionistas e os investidores não institucionais que realizaram pedidos de reserva de ações, no âmbito das ofertas prioritária ou de varejo, poderão desistir de suas reservas a partir de 20 de julho, até as 11 horas do dia 25 do mesmo mês, nova data de liquidação da oferta.

Caso o investidor não informe a desistência de sua reserva nesse prazo, seu pedido será considerado válido e o investidor deverá fazer o pagamento do valor total de seu investimento. O período de reserva da oferta prioritária se encerrou em 13 de julho, e da oferta de varejo, em 17 de julho.