Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, recomprará ações

Recompra acontece depois de meses de reclamações de investidores de que a ação do grupo está subvalorizada

São Paulo – O conglomerado Berkshire Hathaway, do bilionário Warren Buffett, informou nesta segunda-feira que lançará um programa de recompra de ações. O programa marca um movimento extremamente raro de Buffett e acontece depois de meses de reclamações de investidores de que a ação do grupo está subvalorizada.

A Berkshire disse que comprará de volta ações classe A e Classe B a um prêmio de não mais de 10 por cento do valor contábil.

A empresa disse que usará o dinheiro em caixa para financiar a recompra, mas não comprará quaisquer ações se isso deixar a posição de caixa da empresa abaixo de 20 bilhões de dólares. A Berkshire tinha 38,23 bilhões de dólares em caixa em 30 de junho, mas gastou pelo menos 15 bilhões de dólares neste trimestre em aquisições e investimentos.