BC fará sexta-feira novo leilão de venda de dólares

Operação está dentro da programação de operações diárias prevista para ocorrer até o fim de 2013 no valor de cerca de US$ 100 bilhões

Brasília – Depois de rejeitar as propostas de dois leilões de linha para rolagem de contratos que venceriam na segunda-feira, 2, o Banco Central (BC) anunciou nesta quinta-feira, 29, que fará nesta sexta-feira, 30, um novo leilão de venda de dólares conjugados com recompra da moeda estrangeira. Esta operação está dentro da programação de operações diárias prevista para ocorrer até o fim de 2013 no valor de cerca de US$ 100 bilhões.

De acordo com o BC, será ofertado até US$ 1 bilhão nessa operação desta sexta-feira, distribuído em dois vencimentos. Um será em 2 janeiro e outro em 2 abril de 2014. As propostas serão recebidas entre 11h15 e 11h20 para recompra de abril. Já das 11h30 às 11h35, a oferta será para a recompra com vencimento em janeiro.

A taxa de câmbio a ser usada para a venda de dólares por parte do BC será a Ptax do boletim das 11 horas desta sexta. Serão aceitas até três propostas por instituição para cada uma das ofertas. As operações de venda serão liquidadas na terça-feira, 3.

Além dos leilões de linha, que são ofertados todas as sextas-feiras, no valor de US$ 1 bilhão, o programa anunciado na semana passada pelo BC prevê também a realização de operações de swap cambial, no valor diário de US$ 500 milhões, de segunda a quinta-feira.

Mais cedo, o BC anunciou também que fará sexta-feira, último dia útil do mês, um leilão de swap fora dessa programação. As condições da operação serão detalhadas sexta cedo pelo BC. Segundo a autoridade monetária, leilões extras ao programa poderão ser feitos sempre que o BC “julgar necessário”.