BB DTVM compra construtoras e varejistas com aposta em IPCA

A BB DTVM, administradora de recursos do Banco do Brasil, está comprando ações dos setores com a expectativa de que uma retração da inflação beneficie a demanda doméstica

São Paulo – A BB Gestão de Recursos – Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários SA está comprando ações de construtoras e varejistas com a expectativa de que uma retração da inflação beneficie a demanda doméstica, disse Jorge M. Ricca, gerente executivo de fundos de ações.

A BB DTVM, administradora de recursos do Banco do Brasil SA, pode vender papéis de elétricas e empresas de telecomunicações depois desses setores terem tido uma alta maior que a média do mercado, disse Ricca, que administra R$ 72,1 bilhões em renda variável. O mercado brasileiro pode ter um desempenho melhor que outros emergentes à medida que a inflação recue.

Empresas que dependem do crescimento do mercado doméstico lideraram as perdas do Ibovespa este ano, com o receio de que o esforço do Banco Central em controlar a inflação comprometa os lucros. Menor desemprego significa que a “robusta” demanda interna continuará se expandindo, disse Ricca, em entrevista hoje em seu escritório no Rio de Janeiro.

“Há oportunidades muito interessantes começando a aparecer”, disse Ricca, sem mencionar nomes de empresas. “O setor de consumo tende a performar melhor.”

Economistas reduziram suas estimativas para a inflação deste ano por três semanas seguidas, segundo a pesquisa semanal do BC divulgada dia 23. O Comitê de Política Monetária elevou a taxa básica de juros em 1,25 ponto percentual para 12 por cento este ano, depois de ter aumentando, em dezembro, o depósito compulsório e reserva de capital, em tentativas de reduzir a expansão do crédito.
Desemprego em queda

A Gafisa SA, a terceira maior empresa do setor imobiliário do País, e a companhia de bens de consumo Hypermarcas SA acumulavam queda de 30 por cento este ano até ontem. O Ibovespa perdeu 7,5 por cento no mesmo período.

O desemprego no País caiu em abril para o menor nível já registrado no mês, disse ontem o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

A Tim Participações SA está liderando os ganhos do Ibovespa este ano, com uma alta de 42 por cento. A Cia. Energética de Minas Gerais, conhecida como Cemig, está em alta de 13 por cento.

A perspectiva de queda de inflação irá elevar o apetite dos investidores por ativos de maior risco, diminuindo o apelo de telecomunicações e elétricas.

“São setores que para a gente são bem precificados”, disse Ricca.