Bayer planeja IPO de unidade de plásticos

A unidade MaterialScience, afetada por altos custos de matéria-prima, vem tendo desempenho inferior ao dos outros segmentos nos últimos anos

Frankfurt – A Bayer anunciou nesta quinta-feira que pretende lançar uma oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) de ações de sua unidade de plásticos, avaliada em cerca de US$ 10 bilhões, para se concentrar nos segmentos farmacêutico e de produtos agrícolas.

A unidade MaterialScience, afetada por altos custos de matéria-prima, vem tendo desempenho inferior ao dos outros segmentos nos últimos anos.

Atualmente, cerca de 70% da receita anual de 40 bilhões de euros da Bayer vem das unidades de saúde humana, animal e vegetal.

Para fortalecer esses segmentos, a Bayer fechou acordos e realizou uma série de aquisições nos últimos anos.

De acordo com o executivo-chefe da Bayer, Marijn Dekkers, os recursos provenientes do IPO da unidade de plásticos serão usados para reduzir a dívida acumulada com as recentes aquisições.

Além disso, observou Dekkers, a redução da dívida significa que a Bayer poderá continuar buscando oportunidades para expandir seus negócios.

Em 2013, a companhia anunciou que a CropScience, sua divisão de produtos agrícolas, investiria 2,4 bilhões de euros globalmente até 2016, e teria 1 bilhão de euros para gastar anualmente em pesquisa e desenvolvimento.

Para o banco de investimento Jefferies, o IPO da MaterialScience pode possibilitar à Bayer adquirir ativos no segmento de saúde animal e a Zoetis, maior companhia do setor em termos de receita, seria “um alvo lógico”.

Fonte: Dow Jones Newswires.