Bayer perde mais de 9% na Bolsa após condenação por Roundup

Processo histórico contra a Monsanto pode custar muito caro para a Bayer, que concluiu em junho a compra do grupo americano

As ações do grupo farmacêutico alemão Bayer, novo proprietário da Monsanto, perdiam mais de 9% nesta segunda-feira na Bolsa de Frankfurt, após a condenação sem precedentes da empresa agroquímica americana por seu pesticida Roundup.

Durante a manhã, as ações da Bayer perdiam 9,53%, a 86,46 euros.

O processo histórico contra a Monsanto, o primeiro relacionado com o possível caráter cancerígeno dos produtos com glifosato da empresa, pode custar muito caro para a Bayer, que concluiu em junho a compra do grupo americano por 63 bilhões de dólares.