Barril do Texas fecha praticamente estável

Dia foi marcado por leve alta de 0,06%, cotado a US$ 73,85, com o mercado atento à oferta do produto diante da possibilidade de os EUA sancionarem o Irã

Nova York – O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta segunda-feira em leve alta de 0,06%, cotado a US$ 73,85, com o mercado atento à oferta do produto diante da possibilidade de os Estados Unidos sancionarem o Irã.

Ao final das operações na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em agosto subiram US$ 0,05 em relação ao pregão de ontem.

Analistas atribuíram o modesto avanço da cotação do petróleo de referência nos EUA à preocupação latente dos investidores sobre o futuro das exportações iranianas.

Neste domingo, o ministro de Petróleo do Irã, Biyan Zangeneh, afirmou que não houve “mudança importante” na produção e exportação do petróleo do país apesar das ameaças americanas.

“Há uma guerra comercial, mas nós seguiremos com nossos planos”, ressaltou o ministro em entrevista à emissora estatal iraniana.

No último mês, o país exportou 2,8 milhões de barris por dia.

O Irã anunciou há uma semana que oferecerá o petróleo através da bolsa de valores nacional, onde o setor privado pode comprá-lo de forma transparente e depois exportá-los. O plano visa driblar as possíveis sanções que serão aplicadas pelos EUA.

Por sua vez, os contratos de gasolina para entrega em agosto terminaram o dia a US$ 2,14 o galão, com baixa de US$ 0,04, enquanto os de gás natural com vencimento no mesmo mês caíram US$ 0,03, até US$ 2,82 por cada mil pés cúbicos.