Barril do Texas fecha em queda

Os contratos de futuros do WTI caíram US$ 0,20 em relação ao preço de fechamento de terça-feira

Nova York – O Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) para entrega em junho fechou nesta quarta-feira em baixa de 0,2%, cotado a US$ 96,81 por barril, caindo assim da barreira dos US$ 97 pela primeira vez desde 2 de fevereiro, após o anúncio de alta acima do esperado das reservas da commodity nos Estados Unidos.

Ao término do pregão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos de futuros do WTI caíram US$ 0,20 em relação ao preço de fechamento de terça-feira.

O barril de referência nos EUA sofreu nesta quarta-feira a sexta baixa consecutiva devido ao anúncio de que os estoques americanos subiram 3,7 milhões de barris na semana passada e atingiram 379,5 milhões de barris, segundo o Departamento de Energia do país.

O total de reservas de petróleo e produtos refinados nos Estados Unidos, inclusive a Reserva Estratégica, alcançou na semana passada 1,767 bilhão de barris, 1,5 milhão a mais que na semana anterior.

Os contratos de gasolina com vencimento em junho subiram US$ 0,02 e fecharam valendo US$ 3,02 por galão (3,78 litros), enquanto os de gasóleo para calefação se mantiveram estáveis, cotados a US$ 2,99 por galão.

Já os contratos de gás natural com vencimento em junho fecharam em alta de US$ 0,07 e terminaram o pregão negociados a US$ 2,46 por cada mil pés cúbicos.