Barril do Texas fecha em queda

Nova York – O Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) para entrega em fevereiro fechou nesta quarta-feira em baixa de 0,12%, cotado a US$ 100,59 por barril, após a Agência Internacional de Energia (AIE) revisar para baixo suas previsões de demanda de petróleo para este ano.

Ao término do pregão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos de futuros do WTI caíram US$ 0,12 em relação ao fechamento do pregão de terça-feira.

Apesar da queda, a cotação do Texas se manteve acima da barreira simbólica dos US$ 100 por barril.

A leve baixa desta quarta-feira foi influenciada pela divulgação de uma estimativa menor da demanda da commodity para este ano, devido aos efeitos da crise que afeta em particular a zona do euro.

O consumo de petróleo se situará em 2012 em uma média de 90 milhões de barris diários, 1,1 milhão a mais que no ano passado, assinalou a AIE em seu relatório mensal sobre o mercado petrolífero, o que significa 200 mil barris a menos do que a entidade calculava em dezembro.

Os contratos de gasolina com vencimento em fevereiro subiram US$ 0,05 e fecharam valendo US$ 2,82 por galão (3,78 litros), enquanto os de gasóleo para calefação para entrega no mesmo mês caíram US$ 0,02, encerrando aos US$ 3,01 por galão.

Já os contratos de gás natural com vencimento em fevereiro fecharam em queda de US$ 0,01, negociados a US$ 2,47 por galão.