Barril do Texas fecha em baixa de 3,94%

Ao término do pregão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos de futuros do WTI caíram US$ 4,05 em relação ao preço de fechamento da quinta-feira

Nova York – O Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) para entrega em junho fechou nesta sexta-feira em baixa de 3,94%, cotado a US$ 98,49 por barril, caindo abaixo da simbólica barreira dos US$ 100 pela primeira vez desde fevereiro.

Ao término do pregão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos de futuros do WTI caíram US$ 4,05 em relação ao preço de fechamento da quinta-feira.

A cotação despencou depois que surgiram dúvidas sobre a recuperação da maior economia do mundo após o Departamento de Trabalho dos Estados Unidos anunciar que em abril foram criados 115 mil postos, longe dos 160 mil previstos pelos analistas.

Na queda do barril de petróleo do Texas também influenciou o retrocesso da atividade do setor serviços da zona do euro e a intranqüilidade gerada neste final de semana pelas eleições na França e na Grécia.

Os contratos de gasolina com vencimento em junho caíram US$ 0,08 e fecharam valendo US$ 2,97 por galão (3,78 litros), enquanto os de gasóleo para calefação para entrega no mesmo mês terminaram em baixa também de US$ 0,08, cotados a US$ 3 por galão.

Já os contratos de gás natural com vencimento em junho diminuíram US$ 0,07 e encerraram negociados a US$ 2,27 por cada mil pés cúbicos.