Barril do Texas fecha em alta de 3,1%

Os contratos de futuros do WTI subiram US$ 2,79 em relação ao preço de fechamento de quarta-feira

Nova York – O Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) para entrega em agosto fechou nesta quinta-feira em alta de 3,1%, cotado a US$ 92,66 por barril, nível mais alto desde maio, diante do temor pelo impacto que as tensões no Oriente Médio podem causar no abastecimento.

Ao término do quarto pregão da semana na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos de futuros do WTI subiram US$ 2,79 em relação ao preço de fechamento de quarta-feira.

O petróleo superou a barreira dos US$ 92 após seu sétimo dia seguido de avanço, situando-se no nível mais alto desde 16 de maio, quando fechou em US$ 92,81 o barril.

Os contratos de gasolina com vencimento em agosto subiram US$ 0,05 e fecharam cotados a US$ 2,93 por galão (3,78 litros), enquanto os de gasóleo para calefação terminaram em alta de US$ 0,07, aos US$ 2,94 por galão.

Já os contratos de gás natural com vencimento em agosto avançaram US$ 0,02 e encerraram o pregão negociados a US$ 2,99 por cada mil pés cúbicos, depois que o Departamento de Energia anunciou que suas reservas nos Estados Unidos aumentaram em 28 bilhões de pés cúbicos na semana passada.