Barril do Texas fecha em alta de 0,82%

Os contratos de futuros do WTI subiram US$ 0,74 em relação ao preço de fechamento de quinta-feira

Nova York – O Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) para entrega em setembro fechou nesta sexta-feira em alta de 0,82%, cotado a US$ 90,13 por barril,impulsionado pelo compromisso com a eurozona demonstrado por França e Alemanha.

Ao término do último pregão da semana na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos de futuros do WTI subiram US$ 0,74 em relação ao preço de fechamento de quinta-feira.

Apesar do avanço de hoje, o quarto consecutivo, o petróleo acumula um retrocesso semanal de 1,4% devido ao tropeço de segunda-feira, quando registrou uma forte queda de 4% por causa das preocupações pela crise da dívida europeia.

Além das esperanças de que na semana que vem o Banco Central Europeu (BCE) anuncie alguma ação para diminuir a pressão dos mercados sobre países como Espanha e Itália, a alta também foi impulsionada pela divulgação de dados macroeconômicos melhores que o previsto nos Estados Unidos.

Os contratos de gasolina com vencimento em agosto ganharam US$ 0,07 e fecharam cotados a US$ 2,88 por galão (3,78 litros), enquanto os de gasóleo para calefação terminaram em alta de US$ 0,02, também aos US$ 2,88 por galão.

Já os contratos de gás natural com vencimento em agosto perderam US$ 0,09 e encerraram o pregão negociados a US$ 3,01 por cada mil pés cúbicos.