Barril do Texas fecha em alta

Ao término do pregão da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos de futuros do WTI registravam alta de US$ 0,76 em relação ao preço de fechamento anterior

Nova York – O Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) para entrega em julho fechou nesta quinta-feira em alta de 0,84%, cotado a US$ 90,66, recuperando o patamar de US$ 90 que tinha perdido na quarta-feira pela primeira vez desde outubro, impulsionado pelo aumento das encomendas de bens duráveis nos Estados Unidos no mês passado.

Ao término do pregão da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos de futuros do WTI registravam alta de US$ 0,76 em relação ao preço de fechamento anterior.

A alta ocorre um dia após o barril do Texas registrar seu primeiro fechamento abaixo do simbólico nível de US$ 90 desde 21 de outubro passado, quando terminou valendo US$ 87,4.

Desta forma, o barril de referência nos Estados Unidos registra sua quarta alta de maio, mês que iniciou cotado a US$ 106,16 e no qual já acumula uma contundente queda de 13,55%.

Os contratos de gasolina com vencimento ainda em junho fecharam estáveis, cotados a US$ 2,87 por galão (3,78 litros), enquanto os de gasóleo para calefação para entrega no mesmo mês subiram US$ 0,01 e terminaram valendo US$ 2,82 por galão.

Já os contratos de gás natural com vencimento em junho caíram US$ 0,09 e encerraram o pregão negociados a US$ 2,64 por cada mil pés cúbicos.