Barril de Petróleo Texas fecha em baixa de 1,46%

Nesta quarta, os futuros do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) para entrega em maio recuavam US$ 1,53 com relação ao fechamento anterior

Nova York – O petróleo do Texas fechou nesta quarta-feira em baixa de 1,46%, aos US$ 102,67 o barril, o nível mais baixo em uma semana, depois da divulgação do aumento das reservas de petróleo nos Estados Unidos dez vezes acima do previsto pelos analistas na semana passada.

Nesta quarta, os futuros do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) para entrega em maio recuavam US$ 1,53 com relação ao fechamento anterior.

Além disso, o Departamento de Energia americano informou que as reservas de petróleo estão acima da média para esta época do ano e são 3,4% maiores do que um ano atrás.

Os números disseminaram temor nos operadores nova-iorquinos de que a demanda de petróleo do maior consumidor energético mundial possa estar se debilitando.

Com vencimento em maio, os contratos de gasolina perderam US$ 0,03 e terminaram em US$ 3,2 o galão (3,78 litros), apesar da redução dos estoques em 3,7 milhões de barris, ou 1,7%, na semana passada.

Já o gasóleo para calefação para entrega em maio caiu US$ 0,01, fechando a US$ 3,11 o galão, apesar da queda nas reservas diminuíram em 2,9 milhões de barris, ou 2,2%.

À espera da divulgação nesta quinta-feira dos dados dos estoques, os contratos de gás natural com vencimento em maio não registraram mudanças, ficaram em US$ 1,95 para cada 1 mil pés cúbicos, de novo abaixo dos US$ 2.