Banco português vai a mercado externo pela 1ª vez desde 2010

BES realizou emissão de 750 milhões de euros com vencimento em 3 anos

São Paulo – O Banco Espírito Santo (BES) conseguiu realizar com sucesso a primeira emissão internacional de dívida de um banco português desde abril de 2010, quando a crise europeia se intensificou. A instituição emitiu 750 milhões de euros em papéis com vencimento em 3 anos e um cupom de 5,875%.

“Foi um marco importante. É a retomada do acesso do sistema financeiro ao mercado de capitais internacional. Agora já estamos pensando no calendário de amortizações para 2013”, explica Miguel Guiomar, diretor de mercado de capitais da BES Investimento do Brasil, em entrevista para EXAME.com.

A ideia inicial, segundo o executivo, era emitir 500 milhões de euros, mas a demanda foi 3,6 vezes maior. “A janela estava aberta há algumas semanas e na passada fizemos algumas reuniões com investidores e identificamos o apetite. Na quarta-feira decidimos a emissão após uma teleconferência. Conseguimos aumentar o volume e reduzir o cupom”, diz.

A maior participação dos 225 investidores da emissão veio do Reino Unido (41%), seguido pela França (23%) e Portugal (13). O BES conduziu em abril deste ano um aumento de capital de 1 bilhão de euros que foi totalmente subscrito por acionistas, sem a participação do governo português.