Banco Espírito Santo corta preço-alvo de ação da HRT

Analistas reduziram o preço-alvo para R$ 2,6 após os resultados do primeiro trimestre e perfurações mal-sucedidas na Namíbia e no Solimões

São Paulo – Analistas do Espírito Santo Investment Bank reduziram nesta quarta-feira o preço-alvo para as ações da HRT Participações em Petróleo, após os resultados do primeiro trimestre e perfurações mal-sucedidas na Namíbia e no Solimões.

Os analistas liderados por Oswaldo Telles cortaram o preço-alvo para 2,60 reais por ação, ante 3,40 reais anteriormente, citando a redução do caixa líquido da companhia.

A recomendação para a ação da HRT foi mantida em neutra. “Damos à companhia o benefício da dúvida nas áreas que ela ainda tem para perfurar”, escreveram os analistas. “Continuamos a acreditar que só um anúncio de uma descoberta de óleo poderia mudar substancialmente o destino da companhia.” As ações exibiam queda de 2,5 por cento às 11h08, a 2,78 reais, enquanto o Ibovespa mostrava alta de 1,2 por cento.