As ações que mais subiram (e as que caíram) em abril

Ibovespa fechou o mês com leve alta acumulada. Veja as ações que tiveram os maiores ganhos e as maiores perdas no período

São Paulo — O Ibovespa terminou abril com leve alta acumulada de 0,65%. O desempenho tímido no mês foi influenciado pelo clima de apreensão em relação à aprovação das reformas trabalhistas e da Previdência e pelo comportamento do preço das commodities.

As ações da Marfrig foram as que mais valorizaram no mês, com alta acumulada de quase 27%. No ano, os papéis acumulam ganhos de pouco mais de 9%.

Ativo Empresa Valor da ação Variação em abril
MRFG3 Marfrig R$ 7,22 26,44%
PCAR4 Pão de Açúcar R$ 71,75 19,38%
RADL3 Raia Drogasil R$ 67,45 14,97%
ESTC3 Estácio R$ 17,70 13,47%
RENT3 Localiza R$ 47,19 13,25%
KROT3 Kroton R$ 15,02 13,10%
MRVE3 MRV R$ 15,94 11,00%
QUAL3 Qualicorp R$ 22,50 8,96%
SMLE3 Smiles R$ 69,04 8,90%
BRKM5 Braskem R$ 34,14 7,53%

Já entre as perdas, a maior foi da Companhia Siderúrgica Nacional. A companhia viu suas ações desvalorizarem quase 15% no mês. No ano, os papéis acumulam baixas de quase 30%.

Ativo Empresa Valor da ação Variação em abril
CSNA3 CSN R$ 7,75 -14,93%
CMIG4 Cemig R$ 8,88 -13,95%
EMBR3 Embraer R$ 15,36 -11,09%
CPLE6 Copel R$ 29,26 -10,63%
GGBR4 Gerdau R$ 9,80 -10,01%
BRAP4 Bradespar R$ 19,85 -7,08%
GOAU4 Gerdau R$ 4,60 -7,07%
SBSP3 Sabesp R$ 29,27 -6,76%
PETR3 Petrobras R$ 14,36 -5,21%
CSAN3 Cosan R$ 37,11 -4,50%