As 10 ações que mais subiram e caíram nesta semana

OGX dispara quase 100% com boatos de reestruturação; Embraer é penalizada após números fracos

São Paulo – O Ibovespa encerrou a semana acumulando ganhos de 4,19%, aos 55.378 pontos. Com o desempenho, o principal índice da bolsa brasileira ampliou para 5,81% seu avanço em outubro.

A semana foi marcada pela solução provisória para a crise orçamentária nos Estados Unidos, que custou bilhões de dólares ao país e afetou também sua liderança econômica.

Em vigor desde 1º de outubro, o fechamento de inúmeros serviços públicos e o desemprego parcial de milhares de funcionários, custará 0,6 ponto percentual ao crescimento econômico do país no quarto trimestre, considerou a Standard & Poor’s.

A riqueza produzida nos Estados Unidos entre outubro e dezembro perderá assim 24 bilhões de dólares, indica a agência de classificação de risco em um comunicado.

Em alta

As ações da OGX (OGXP3) encerram a semana com a maior valorização do Ibovespa. Nos últimos cinco pregões, a alta acumulada é de 95%, com papéis cotados a 0,41 centavos de real.

Desde a última quarta-feira, os rumores envolvendo a companhia fizeram as ações dobrarem de valor. Tudo começou quando o site Infomoney noticiou, sem revelar sua fontes, que a Vinci Partners já teria acertado a compra do controle da OGX e 220 milhões de dólares entrariam no caixa da empresa.

Na quinta, a OGX informou que está discutindo com a Vinci Partners e outros potenciais investidores opções para a reestruturação financeira da endividada companhia de petróleo e gás.

A empresa afirmou, porém, que “neste momento, no entanto, não houve qualquer definição no sentido de concretizar eventual oportunidade de negócios ou injeção de valores, muito menos em relação à alienação de controle da companhia”.

Empresa Código Preço R$ Var. Sem. %
OGX OGXP3 0,41 95,24
CSN CSNA3 11,7 10,27
Sabesp SBSP3 23,8 8,78
Eletrobras ELET3 7,31 8,62
Eletrobras ELET6 11,83 7,94
Braskem BRKM5 19,89 7,57
BR Malls BRML3 22,13 7,17
Bradespar BRAP4 25,46 6,97
Banco do Brasil BBAS3 28,35 6,26
Duratex DTEX3 14,5 6,23

Em baixa

A maior queda semanal do Ibovespa ficou com as ações ordinárias da Embraer (EMBR3), que perderam 7,6% no período.

No terceiro trimestre, a Embraer decepcionou. Essa é a impressão que fica após a leitura dos relatórios das principais corretoras de mercado sobre os resultados da empresa no período.

Com 44 aeronaves entregues, a companhia frustrou as expectativas de muita gente. “A composição da entrega de aeronaves foi decepcionante”, afirma Ricardo Correa em relatório da Ativa Corretora.

Ele lembra que, tradicionalmente, o segmento comercial é o principal negócio da Embraer por conta do maior valor agregado. Entre julho e setembro, foram 19 aviões comerciais entregues contra 25 jatinhos corporativos. “As 44 aeronaves entregues no terceiro trimestre estão ligeiramente abaixo das 41 que havíamos previsto”, informa relatório da corretora ItaúBBA assinado por Renato Salomone, Renata Faber e Thais Cascello.

Empresa Código Preço R$ Var. Sem. %
Embraer EMBR3 17,6 -7,61
Rossi RSID3 3,1 -7,19
PDG PDGR3 2,09 -6,28
Dasa DASA3 12,02 -5,5
Gerdau GGBR4 16,73 -5,21
Anhaguera AEDU3 12,98 -5,19
Gafisa GFSA3 3,36 -5,08
LLX LLXL3 1,31 -5,07
Met. Gerdau GOAU4 21,51 -4,44
Usiminas USIM5 11,24 -3,35