As 10 ações que mais subiram e caíram em novembro

B2W ressurge e dispara; Eletrobras despenca com mudanças no setor

São Paulo – A bolsa conseguiu se segurou em novembro e terminou o mês com uma leve alta de 0,7% mesmo em meio ao noticiário de desaceleração econômica. Hoje o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) jogou um balde de água fria em quem já projetava uma retomada mais acentuada da economia brasileira no terceiro trimestre.

Os números mostraram que a economia do país cresceu apenas 0,6% na comparação com os três meses anteriores e 0,9% em relação ao ano anterior. A expectativa consensual, segundo a agência Reuters, era de 1,2% e 1,9%, respectivamente. A notícia pressionou a bolsa nesta sexta-feira, que recuou 0,65%.

A expectativa agora é de que a partir de segunda-feira o mercado comece a revisar, provavelmente para baixo, as estimativas para o crescimento de 2012 e 2013. Segundo o último relatório Focus do Banco Central, a projeção para este ano é de 1,5% e para o ano que vem é de 3,94%.

Alta

A B2W (BTOW3) ressurgiu na bolsa em novembro. O mercado começou a pagar pelos primeiros sinais da esperada reviravolta O mercado começou a pagar pelos primeiros sinais da esperada reviravolta operacional da dona dos sites submarino.com, shoptime e americanas.com. O mercado avalia que os problemas de logística e a consequente perda de clientes estão começando a ficar para trás.

A receita líquida da empresa saltou 17% entre julho e setembro em relação ao ano passado, para 1,2 bilhão de reais e surpreendeu o mercado. O lucro ainda não veio e o prejuízo cresceu 19% e alcançou 45 milhões de reais. Outro ponto bastante festejado foi a vertiginosa queda nos índices de reclamações. As queixas enviadas ao Procon de São Paulo, por exemplo, caíram pela metade.

Empresa Código Preço R$ Var. %
B2W BTOW3 15,3 57,08
Usiminas USIM3 13,65 24,77
Usiminas USIM5 12,5 24,38
Fibria FIBR3 21,01 20,06
Suzano SUZB5 6,35 20,04
Souza Cruz CRUZ3 31,07 15,93
Lojas Americanas LAME4 18,8 11,31
Bradesco BBDC4 35,49 10,12
Marfrig MRFG3 11,6 9,33
Vanguardo Agro VAGR3 0,36 8,93

O Bank of America Merrill Lynch, que tinha elevado a indicação aos papéis de desempenho inferior à média para neutra no dia 16 de novembro, subiu o preço-alvo em mais 50%, para 18 reais. A recomendação foi mais uma vez revisada e agora é de compra. “Depois de um longo período de fraco desempenho, a B2W parece estar em à beira de uma reviravolta”, ressaltam os analistas Robert Ford, Melissa Byun, Nicole Inui e Marcelo Santos, em relatório.


Queda

Como o esperado, as ações da Eletrobras (ELET3; ELET6) ocuparam a pior posição do índice no período. Os papéis foram acompanhados por quase todas as ações do setor elétrico. Os investidores viveram dias de pânico com a avaliação da Medida Provisória 579, que altera as regras das concessões do setor.

Uma revisão das regras da MP publicada hoje – e que pode liberar aproximadamente 10 bilhões de reais para as empresas que aceitarem os novos termos – ajudou a melhorar um pouco o cenário para as empresas. A nova MP 591 alivia a pressão sobre as transmissoras ao passar a considerar que os investimentos realizados antes de maio de 2000 também precisarão ser indenizados para quem aderir às novas regras.

Empresa Código Preço R$ Var. %
Eletrobras ELET6 9,65 -39,69
Eletrobras ELET3 7,65 -31,39
JBS JBSS3 5,41 -18,77
AES Eletropaulo ELPL4 13,59 -16,47
ALL ALLL3 7,88 -15,63
Petrobras PETR3 19,1 -14,35
Petrobras PETR4 18,66 -13,33
PDG PDGR3 3,01 -12,75
MMX MMXM3 3,52 -10,2
OGX Petróleo OGXP3 4,34 -9,21

Para a equipe de análise do Banco Votorantim, a mudança pode ser vista como uma “capitalização antecipada”. “Resumidamente, o governo está tentando a adesão de todas as companhias junto a MP 579, incluindo as estatais”, ressaltam Marcio Loureiro e Bruno Santos. As ações da Eletrobras dispararam quase 30% na última sessão do mês, mas não foi o suficiente para tirá-las do fundo do poço.