Argentina Techint eleva participação na Usiminas

O grupo argentino, através de sua subsidiária Ternium, elevou sua participação no capital da siderúrgica Usiminas

Rio de Janeiro – O grupo argentino Techint, através de sua subsidiária Ternium, elevou sua participação no capital da siderúrgica Usiminas e se tornou o acionista majoritário, segundo informou nesta sexta-feira a empresa brasileira em comunicado à bolsa.

O Ternium acertou a compra de 10,17% do capital de Usiminas que estava em poder do fundo de pensões dos empregados do Banco do Brasil (Previ) por meio da aquisição de um pacote de ações ordinárias.

No final da operação, o grupo Techint-Ternium passa a controlar 37,83% das ações ordinárias da Usiminas, as que outorgam direito a voto no conselho de administração, por isso que supera a japonesa Nippon Steel, que é dona de 29,45% das ações.

O valor da operação chegou a R$ 616,7 milhões, o que representa um preço 82% superior ao valor das ações na bolsa, segundo informou a Previ em comunicado.

A Usiminas é a maior siderúrgica do Brasil e é a maior fabricante de laminados planos da América Latina.