Alta do petróleo derruba ações de TAM e Gol

Papéis fecharam o dia entre as cinco maiores quedas do Ibovespa

As ações das companhias aéreas brasileiras já estão refletindo os efeitos das consecutivas altas no preço do petróleo no mercado internacional. Nesta terça-feira (22/4), os papéis de TAM e Gol sofreram fortes perdas, fechando o dia entre as cinco maiores quedas do Índice da Bolsa de Valoresde São Paulo (Ibovespa).

As ações preferenciais da Gol caíram 4,4%, para 24,31 reais, enquanto as da TAM recuaram 3,81%, para 34,31 reais.

Nos últimos doze meses, o querosene de aviação, que responde por 30% a 40% dos custos de uma companhia aérea, subiu 69% em média.  O forte avanço no preço do petróleo – que já bate na casa dos 120 dólares -, aliado à retração econômica provocada pela crise de crédito nos Estados Unidos já levou nove companhias aéreas a solicitar recuperação judicial ou falência. Dentre elas estão as americanas Frontier, Skybus, Aloha e MaxJet, a Oasis, de Hong Kong, e a Adam Air, da Indonésia.

*Com informações da Agência Estado