ALL sobe com criação da Vetria no setor de minério de ferro

As ações da ALL subiam 2,5 por cento para R$ 9,40 às 12:44, enquanto o Ibovespa avançava 1,3 por cento

São Paulo – A ALL – América Latina Logística SA avançava após criação da Vetria Mineração SA, parceria com a Triunfo Participações e Investimentos SA e os acionistas da Vetorial Participações SA para criação de um sistema integrado de mina, logística e porto.

As ações da ALL subiam 2,5 por cento para R$ 9,40 às 12:44, enquanto o Ibovespa avançava 1,3 por cento. 

A Vetria “atuará na exploração, beneficiamento, transporte, comercialização e exportação de minério de ferro” e deve investir R$ 7,6 bilhões com recursos a serem obtidos no mercado financeiro ou com parceiros estratégicos, disseram as três empresas sócias em comunicado à Comissão de Valores Mobiliários ontem. A companhia espera que 70 por cento do financiamento seja obtido junto a bancos comerciais e de desenvolvimento, segundo apresentação publicada hoje no website da companhia.

“Vemos essa associação como positiva para a ALL, principalmente pelo potencial de novos volumes nas ferrovias da companhia no futuro”, disseram os analistas Edigimar Maximiliano Jr e Luiz Peçanha, do Banco Bradesco BBI SA, em nota enviada hoje a clientes.

A Vetria terá um porto a ser construído em Santos, capacidade de transporte ferroviária e uma mina em Corumbá, Mato Grosso do Sul, com recursos estimados em 1 bilhão de toneladas de minério de ferro, de acordo com o comunicado.

A ALL ficará com 50,38 por cento da nova companhia, os acionistas da Vetorial, 33,83 por cento, e a Triunfo, 15,79 por cento, segundo o comunicado.