Ágora reduz expectativa de ganho com ações do Banco Pine

Potencial de valorização caiu para 101%, mas recomendação de compra dos papéis foi mantida

As alterações promovidas pelo Banco Pine <a href="http://www.investinfo.com.br/abrilexame/Highlights.aspx?acao=PINE4"><strong>(PINE4)</strong></a> em sua estratégia de atuação levaram a corretora Ágora a revisar para baixo suas expectativas em relação à instituição. A projeção para o preço do papel em dezembro caiu de 26,29 reais para 21,17 reais. Apesar do recuo, a instituição mantém sua recomendação de compra para os papéis, dado o forte potencial de valorização, de 101% em relação ao último fechamento.</p>

A Ágora destaca que o Pine está reduzindo suas operações de crédito consignado, não por falta de demanda, mas pelo aumento nos custos de captação e pelas medidas restritivas estabelecidas pelo governo desde o final do ano passado. Dessa forma, as transações que movimentavam 300 milhões de reais no final do ano passado, devem ficar em apenas 150 milhões de reais no segundo trimestre deste ano.

Já no crédito para pequenas e médias empresas, o banco tem apresentado bons resultados, contando com uma projeção de crescimento de 60% em 2008.

“Tudo considerado, temos como principal reflexo nas projeções dos balanços do Banco Pine uma evolução mais contida da carteira de crédito quando comparada com expectativas anteriores. Entretanto, dada a relevância da carteira de middle market e seu bom andamento (recente e projetado), a estimaticva para a carteira no final de 2008 ainda contempla crescimento de 46%, percentual que se mostra bastante significativo e cujos reflexos nos resultados são atrativos”, diz a corretora em relatório.